Mar




Eu olhava as pegadas na areia.
Incomodava-me serem apenas duas.
Minhas duas pegadas – um rastro de solidão cortando a praia, dando na beirada do mar.

O céu estava limpo
Uma única nuvem arqueava e se deixava transpor pelo sol, que a massificava com seus raios intensos.
A brisa leve me acertava a bochecha e meus pés se encolhiam a cada nova onda.

Pareciam meu coração que retorcido tentava não gritar de dor,
De ausência.

Contemplar o mar assim,
carregada de carência afetiva me fazia pensar tanta besteira!...

As ondas me acertavam,
Não se cansavam do ensejo, não se importavam de serem apenas dois os pés ali, sentindo o mar em sua magnitude. Cada novo arrepio em minha pele trazia a mente o teu abraço, cada novo arrepio teus braços, pernas e boca...

... o mar era tão vasto! Ainda assim não conseguiria afogar a dor toda.




9 comentários:

  1. Mihhhhhhhhhhhhhhhh, passando pra desejar um iluminado fim de semana :) Beijinhos no ♥

    ResponderExcluir
  2. oi Mih,
    bom dia...

    você como sempre,linda...
    inspirador seu poema,

    leve como as ondas
    e profundo como o mar
    adorei...

    muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Texto como sempre maravilhoso Michele lindo ótimo final de semana p/ vc memiga bjusss

    ResponderExcluir
  4. Que lindo minha querida.
    Adorei as palavras!
    Saudades daqui!
    Beijos meus e um lindo final de semana pra ti!

    ResponderExcluir
  5. Olá vim te fazer um convite,
    Você já conhece o blog Princesas do Reino
    Quero convidar você pra fazer uma visita
    http://princesasdoreino.blogspot.com/
    e se gostar me segue?
    Deixe o seu link pra que eu possa te seguir também.
    OBS: se você já é uma seguidora desconsidere o convite.

    Um super beijo.
    Daiane

    ResponderExcluir
  6. Me encanto el blog <3 te sigo, aqui dejo el mio: http://mipropiatraduccion.blogspot.com/ besos<3

    ResponderExcluir
  7. O que o mar não é capaz de levar, só a brisa consegue...pois ela vai além do mar.Por isso as vezes, devemos deixar a brisa invadir todo nosso corpo, para que ela vá em todos os cantinhos escondidos, para então tirar de lá, a mágoa que insiste em ficar.
    Vim matar saudades e dizer amiga linda... que a brisa sempre me manda notícias de você.
    Um final de tarde bem sereno.
    Abraços e afagos, sempre.

    ResponderExcluir
  8. Lindo como sempre! Parabéns!
    Bjim!

    ResponderExcluir
  9. (A)mar esse, que nos salga tanta vezes por dentro, gosto de mar,gosto de lágrima...qual de nós já não sofreu assim enqto olhavamos o mar? Sofrimento ou alegrias , só se ama no mergulho.

    Bjo meu para a menina.

    Erikah

    ResponderExcluir
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk