Resenha - Como eu era antes de você, de Jojo Moyes


Livro: Como eu era antes de você / Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca / Gênero: Literatura Estrangeira, Romance
Páginas: 320 / Ano: 2013
Bom gente, hoje vou trazer pra vocês a resenha do livro Como eu era antes de você, da Jojo Moyes. Eu li este livro o ano passado, mas na ocasião acabei não fazendo uma resenha dele, acho que a ressaca foi tanta depois de lê-lo que fiquei um tempo sem conseguir pegar outro livro, ou escrever dele. Porque é um livro que mexe tanto com a gente! E mexe em vários aspectos: mexe com o emocional, mexe com nossos conceitos e pré conceitos estabelecidos, e também traz tantas lições que vi este livro como um verdadeiro aprendizado, uma janela, que faz entrar sol pra dentro da gente. A maior lição de todas elas talvez seja a de se colocar no lugar do outro, o que geralmente é tão difícil de ser feito, porque somos egoístas ao ponto de achar que sabemos o que é melhor para a outra pessoa, queremos escolher para o outro, impor para o outro os nossos sentimentos, nossos sonhos e nem sempre o que acho que seria melhor, deve ser o melhor. 


Sobre a história: Louisa Clark aos 26 anos está acostumada com sua vida pacata morando com os pais e com seu emprego de garçonete. Louisa ama seu bairro, tem um namorado que se importa mais com exercícios físicos do que com ela, mas suas rotinas lhe dão conforto. Louisa mora com os pais, com a irmã solteira e com o avô e sua família às vezes a constrange, mas são amorosos e se importam com seus sentimentos. A vida de Louisa passa a mudar quando de repente se vê sem emprego - e já estava tão acostumada a acordar todas as manhãs e ir servir os clientes! e como seu currículo tem poucas qualificações, a perspectiva de algo bom é quase zero. Seu currículo acaba sendo selecionado para que seja cuidadora de um paciente, e quando Louisa vai para sua entrevista descobre que terá que cuidar de um tetraplégico arrogante e quieto, frustrado com sua vida designada a uma cadeira de rodas. Will Traynor tem 35 anos, foi atropelado por uma moto e sua vida agora é restrita. Will não mexe os braços, nem as pernas, e precisa de alguém para tudo, para se alimentar, para se barbear, para ir ao banheiro, para tomar banho, para virar sua cabeça no travesseiro quando preciso. Fora os outros problemas de saúde que também vieram com esta paralisia que fizeram dele um homem deprimido e sem vida. Louisa terá então a tarefa de o acompanhar no dia a dia, cuidar de sua alimentação e tentar mostrar para Will que pode haver vida depois de um acidente, que somos capazes de superações e Will vai ensinar a Louisa a não se resignar com o que está ruim, que nossa vida não pode ser vivida pela metade, e que almejar um futuro melhor é importante demais para não ser considerado como alternativa. 


Além da história linda de auto-conhecimento que acompanhamos através de Louisa e Will também devo salientar que a família de Louisa me chamou muito a atenção. O amor dos pais pelas filhas, o perdão, o convívio familiar, todas estas nuances me emocionaram demais, como que na cena que sedem o quarto para uma das filhas e falam que está absolutamente confortável dormir na sala. Essa cena tão singela me trouxe um gostinho do que meus pais estão sempre fazendo por mim e de como sempre abrem mão para que os filhos estejam bem. São cenas assim que fazem você suspirar e adorar este livro. 

Jojo Moyes nos trás uma lição de vida de forma sutil, mas avassaladora ao mesmo tempo. Uma história que realmente fica na sua cabeça por muito tempo, um livro que vai virar discussão familiar (eu não via a hora que minha mãe terminasse de ler o livro para podermos debatê-lo acaloradamente rsrs) porque você julga muito as escolhas dos personagens, você os julga a toda hora e Jojo Moyes quer ensinar a você justamente isso: não julgar. 


E agora o mais legal: o filme está perto de ser lançado, então aqui vai o trailer oficial para vocês ficarem ainda mais com vontade de ler o livro. Leiam antes do filme, porque o livro é tão rico em detalhes! Tenho certeza de que o filme será um complemento delicioso, e só de ver o trailer todas as sensações do livro me abraçam novamente:






Sinopse:
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.





4 comentários:

  1. Este livro está na minha lista de leitura. Adorei a resenha, amei seu cantinho, já inscrita. Beijoooooooooooos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! seja sempre bem vinda! o livro é lindo você vai adorar!

      Excluir
  2. Este livro já estava na minha lista de leitura, agora mesmo fiquei ainda mais ansiosa para o ler. Já amei o livro, só pela sua resenha :)

    Beijinhos :*
    www.aninhasouzah.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Obrigada! Seja sempre bem vinda! bjos! :-B

      Excluir
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk