Resenha : Louco por HQs, de Tânia Alexandre Martinelli


Livro: Louco por HQs
 Autor (a): Tânia Alexandre Martinelli
Editora: Editora do Brasil / Gênero: YA / Juvenil
Páginas: 87 / Ano: 2011
Skoob

     Oi, oi pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje a resenha que trago é do livro de uma autora muito querida. A Tânia Alexandre Martinelli foi minha professora de português - e uma das responsáveis por esse meu amor por livros. Uma professora muito atenciosa, muito pronta, que tinha um sonho: ser escritora. E ela conseguiu. E é com muito prazer que apresento à vocês a resenha do livro Louco por HQs, publicado pela Editora do Brasil. A Tânia tem muitos outros livros, convido vocês a conhecerem o trabalho dela em seu blog pessoal, clicando aqui >> Blog Tânia Alexandre Martinelli





     Sobre o livro, desde que foi publicado achei linda a capa. E os desenhos no interior são de muito bom gosto. É um livro diferente, dinâmico, que conta com momentos escritos em forma de quadrinhos e outros escrito em forma de história corrida e isso trouxe uma leveza bem interessante a narrativa. 


     O livro conta a história de Caio. Caio tem 15 anos e ama histórias em quadrinhos - seu sonho é ser um escritor de quadrinhos. Sabe que seus talentos para o desenho não são muito bons, então pelo menos nos roteiros ele sabe que se garante. É lógico que suas histórias são sensacionais. Disso ele não tem dúvida nenhuma - ou tem?


     Acontece que algumas coisas começam a mudar na vida tranquila de Caio. Seu pai perdeu o emprego e sua família está passando por uma crise que parece não ser mais temporária. Caio precisa mudar de escola, e sai da escola particular que estudou a vida toda para estudar em uma escola pública, novos amigos, pessoas estranhas, dinheiro regado - essa é a nova vida de Caio. E não está sendo fácil se adaptar. Sua irmã parece ter tirado tudo de letra, mas para Caio está sendo um momento de muito conflito - será que conseguirá fazer um vestibular? E se seu pai não conseguir um novo emprego, como vai ser? Dúvidas que alguém com já 15 anos não consegue bloquear de pensar. 


     Além do problema do desemprego de sua pai, Caio agora vê em cheque a única coisa boa que achava que fazia certo: ao mostrar suas histórias em quadrinhos para Olívia, a garota estranha de cabelo rosa, mas que desenha muito bem, a mesma se recusa a ilustrar como parceria os quadrinhos de Caio, pois os julgou pouco feminista, com um super-herói que resolve tudo em um passe de mágica e diz que se for para a história ser assim, nestes moldes, que não dá para ilustrar, que sente muito - mas seus ideais e no que acredita são mais fortes e maiores do que tudo isso. 

     Caio se revolta muito e não aceita as críticas de pronto. Onde já se viu, uma garota que nunca lê quadrinhos criticar os seus assim, sem mais nem menos, sem ouvir suas opiniões, sem deixar que ele se defenda? Mas ao se afastar de Olívia e refletir bastante sobre seus últimos dias, Caio percebe que talvez ela possa ter razão. E que talvez também esteja sendo duro com seus pais, que problemas acontecem em todas as famílias e que ele, com 15 anos deveria ser um pouco mais maduro e entender também o outro lado da história.


- Você tá pensando no seu emprego? - perguntei. Meu pai fez um sinal com a cabeça que eu entedi como mais ou menos, pode ser, talvez... algo desse tipo. Silêncio. - E você? Pensando na sua futura faculdade? - Não. Agora não. - Então, em quê? - Na minha vida. Ele deu um suspiro fundo, depois soltou o ar de uma vez. - É uma boa coisa pra gente fazer de vez em quando. 

     O livro é super enriquecedor, e como ele é Juvenil, se trata de uma história muito reflexiva para adolescentes que estão passando por essa fase de afirmação, medos, mudanças na família. É uma forma ótima de discutir esse tipo de problemática de uma forma leve e descontraída. Recomendo muito a leitura - e as ilustrações feitas no livro pelo pessoal da Quanta Estúdio estão maravilhosas! Deixam o livro ainda mais belo de ser visto!


Sinopse:
Caio é louco, maluco, aficionado por HQs.
Ele é tão fã deste gênero que resolveu escrever seus próprios roteiros.
Mas como ele não sabe desenhar, vai precisar da ajuda de alguém para ilustrar os textos - cheios de aventura, ação, suspense, e lances espetaculares de super-heróis, vilões e mocinhas.
Em seu caminho, durante uma fase de mudanças bruscas e até mesmo traumáticas, Caio terá de enfrentar a nova escola, os novos amigos e sua nova realidade. Olívia, a estranha garota de cabelo diferente, passará a fazer parte de sua vida de um jeito que ele nunca imaginou - nem em seus roteiros mais fantasiosos. 

1 comentários:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk