Resenha : O Mundo de Vidro, de Maurício Gomyde


Livro: O Mundo de Vidro
 Autor (a): Maurício Gomyde
Editora: Porto 71 / Gênero: Literatura Brasileira / Romance
Páginas: 235 / Ano: 2011
Skoob



     Oi, oi gente! Tudo legal por aí? Hoje a resenha que trago é do livro O Mundo de Vidro, de Maurício Gomyde, publicado pela editora Porto 71. Li em e-book, comprei pela Amazon, um site que adoro comprar e-books, sempre com preços muito bons. 

     Este é o segundo livro do Maurício que leio, apesar de ser seu primeiro livro publicado. Este livro foi bem diferente do primeiro que li (Ainda não te disse nada >> Clique Aqui << para ler a resenha). "Ainda não te disse nada" foi uma leitura mais delicada, uma história mais romântica, tranquila. Ler O Mundo de Vidro foi o oposto. Uma história bem engraçada, um romance bem pastelão, com trechos bem improváveis e lotado de vida real rsrs. Sim, porque a vida real é essa loucura toda mesmo! rsrs. 

     São dois os personagens principais. "Ele" e "Ela". Porque durante o livro o autor não revela o nome dos dois personagens. E no final ele faz uma sacada fenomenal com isso, mas não vou estrega a surpresa rsrs. 
     "Ele" é tímido, não tem amigos, só tem um papagaio chamado Horácio, mas que na verdade descobriu que era fêmea e fala uns palavrões. "Ela" é linda, uma deusa, inteligente, resolvida, o tipo de mulher que o cara quer ter do lado pra sempre.
     Ele se encanta por ela uma vez, quando a vê comemorando a virada do ano com seu amado na tv - um repórter fraga os dois aos beijos na Times Square, mostrando casais apaixonados curtindo o novo ano. 

     Um belo dia ela pega o mesmo metrô que Ele. E Ele se apaixona novamente, perdidamente á segunda vista rsrs. E Ele vira tipo um Stalker dela. Ele a segue, se matricula no curso que acha que Ela faz na faculdade - depois descobre que Ela na verdade é a professora e que Ele não sabe nada de economia e de finanças e se vê numa tremenda enrascada, porque seu salário está indo quase todo para aulas que nem lhe interessam... nossa Ele faz uma loucura atrás da outra para ficar perto dela. Compra roupas caras que mais parecem de uma arara por recomendação de um estilista famoso para parecer apresentável, começa a fazer exercícios físicos e até escreve uma letra de música linda para Ela. Eles se aproximam, viram amigos e Ela começa a gostar da companhia dele. Mas quando lê a letra da música que ele fez, carregada de amor enquanto nele Ela só vê um amigo, fica transtornada e resolve não vê-lo mais. E os dois tentam se esquecer durante esse tempo. Mas não conseguem. Ele não consegue porque tem certeza que Ela é a mulher da vida dele, Ela porque acostumou com o jeito esquisito e amigável dele. 

     Durante esse afastamento Ela começa a receber por e-mail de um desconhecido trechos de um livro, chamado O Mundo de Vidro. Uma história linda, cheia de amor. Ela quer saber quem escreve palavras tão lindas, quem é esse cara tão sensível que ainda sobrevive apesar de todos os outros homens esdrúxulos que andam por aí, partindo corações de mulheres sensíveis. Mas ele não se revela. E Ela fica fula da vida. Diz que não quer receber mais nada, e ele continua mandando. Ela desconfia Dele, do cara que fez uma música pra Ela, que agora estourou nas rádios de todo o país, porque alguém fez um arranjo super legal com a música, aquele cara que Ela deixou escapar, por medo, por Ele ser fora dos padrões, por Ela não estar preparada, por ter acabado de terminar um relacionamento. E Ela começa a pensar - e se... e se... 

     Enquanto Ele, tenta esquecê-la, inutilmente.
     Afinal Ela é a mulher da VIDA DELE! Definitivamente Ela é a mulher da vida dele. E por que não seria? Sim, por que?...
     Só porque ele é um esquisitão e ela uma deusa? Só porque ele não tem uma vida badalada, amigos, dinheiro? Só porque Ele "morava sozinho. Sabia o nome de cinco pokémons. Era sozinho"?


Meu Deus do céu! Meu Santo Antônio Casamenteiro! Meu São Judas Tadeu! Meu Santo Expedito! Minha Nossa Senhora Desatadora dos Nós! - pensou desesperado. Era ela. Quase teve um enfarte, um derrame, uma paralisia facial, um colapso nervoso. 

     O final você precisa saber lendo o livro. Achei muito original e debochado e real e sentimental, tudo ao mesmo tempo! rsrs. Nos mostra que buscamos tanto a perfeição de tudo, mas que o amor pode sim estar no imperfeito - e o imperfeito é tão, tão mais interessante! Recomendo a leitura, para quem quiser se divertir com um romance totalmente improvável. 


Sinopse:
Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? E quando não se admite a óbvia paixão por outra pessoa? Neste seu primeiro e hilariante romance, Maurício Gomyde conta a história de duas pessoas, Ele e Ela, tentando responder estas aparentemente simples perguntas.
Passeando com extrema facilidade tanto pela linguagem refinada e sutil quanto pela tosca, Maurício Gomyde nos brinda com um livro de leitura fácil e extremamente agradável.

5 comentários:

  1. Os livros desse autor sempre são bem falados, já li diversas resenhas mas nunca os li, estão na infinita lista de desejados rsrs

    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer, muito obrigada pela visita!
      Os livros desse autor são muito bons mesmo! Vale a pena conferir!
      Bjos!!!
      :)

      Excluir
  2. Esse tipo de historia não faz muito meu estilo, mesmo por que achei meio creepy, ele indo atras dela desse jeito, descobrindo onde ela trabalha e etc, eu tenho um pouco de problemas quando vejo historias onde romantizam o stalker e tal, acho meio perigoso, sei lá. Enfim, adorei o blog :D

    Abraços
    http://goo.gl/OD9jWM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erick obrigada pela visita, seja sempre bem vindo!
      Abraços! :)

      Excluir
  3. Nunca tinha visto esse livro, nossa que lindo!
    Adorei a resenha e quero ler logo, amo leituras leves assim <3
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk