Resenha : Uma pitada de amor, de Katie Fforde


Livro: Uma Pitada de Amor
 Autor (a): Katie Fforde
Editora: Record / Gênero: Romance / Chick Lit
Páginas: 400 / Ano: 2015
Skoob

     Oi, oi gente! Tudo bem? Hoje a resenha que trago é do livro Uma Pitada de Amor, romance bem levinho da autora Katie Fforde, publicado pela editora Record. Gosto muito dos formatos dos livros da Record, as letras são ótimas, o livro é mais grossinho e menor, páginas amareladas, ótimo para leitura. 


     Temos uma protagonista neste livro - Zoe. Zoe foi uma das escolhidas, após passar por um critério de seleção a participar de um reality show de culinária. Uma disputa, que oferece um prêmio em dinheiro para o melhor cozinheiro. A disputa será realizada em uma grande casa de campo, com competidores muito bons e jurados rigorosos. 

     Ao ser a primeira a chegar na casa, Zoe resolve explorar o terreno, para aliviar sua tensão. Quando escuta um carro cair em uma vala, próximo da árvore onde resolveu se sentar para relaxar um pouco, seu instinto de ser prestativa se aguça e sai em socorro da pessoa que não viu o buraco. Por coincidência o cara que está com problemas é um dos jurados do reality, Gideon Irving. E ele parece bem mais bonito e sexy pessoalmente. Apesar de o primeiro encontro ser meio rude, Zoe não consegue mais tirar os olhos dele, dizendo para si mesma que não vai revelar para ninguém que já teve um primeiro encontro com um dos jurados, para não levantar suspeitas. 


     Zoe faz amizade fácil com todos os competidores, exceto com sua colega de quarto Cher - ô mulherzinha mais chata! - que está na competição apenas para aparecer na tv, apesar de saber cozinhar. Cher vai ser uma daquelas pessoas que vai fazer de tudo para sabotar Zoe, pois a vê como uma potencial rival. Inclusive vai começar a espalhar que Zoe está perdidamente apaixonada por Gideon Irving, um dos jurados, situação que Zoe tenta a todo o momento abafar. Lógico que não se importaria se não fosse verdade... mas...


     Sim, Zoe e Gideon acabam se encontrando algumas vezes, já que estão instalados no mesmo casarão onde estão ocorrendo as provas culinárias e depois de ficar trancada para fora de seu quarto (porque Cher lhe tranca propositalmente para fora), Zoe vai procurar um outro lugar na estalagem e só vê como saída dormir no mesmo quarto que Gideon, que tem uma cama enorme. Conhecê-lo melhor desperta sentimentos contraditórios em Zoe. Ela sabe que ele é um jurado, então ter um relacionamento com um jurado não seria considerado trapassa? Mas Zoe é uma ótima cozinheira e acredita que estar emocionalmente envolvida com um dos jurados não vai atrapalhar seus planos na competição. Não se forem discretos. Mas vão conseguir ser? É isso que te convido a descobrir lendo o livro :)

     Bom, tenho algumas opiniões divergentes sobre o livro. Eu adoro realitys de culinária. Assisto a vários na tv. Sobre esse ponto gostei bastante do livro, mostra bastante sobre a competição, os pratos elaborados, foi bem legal de acompanhar. Mas por outro lado, o casal principal do livro me deixou com aquela sensação de que faltou tempero - e muito. A primeira vez que ficaram juntos esperava um capítulo todo de carícias e beijos, e falas suaves e conhecimento mútuo, mas a autora resolveu não nos presentear com esse tipo de cena rsrs, então pra mim ficou tudo muito raso. Achei totalmente desnecessário também o envolvimento da participante Zoe com o casal dono da casa, onde acontecia o Reality. Zoe ficou amiga logo de cara da dona Fenella, que estava grávida. Mas começou a se tornar tipo uma empregada da dona da casa, a acudindo sempre que preciso. Do meio pro final a autora saiu totalmente da história para mostrar Zoe ajudando Fenella com os pais do seu esposo que chegaram à casa para acompanhar o nascimento do Bebê. Enquanto Fenella fica no hospital, Zoe resolve fazer ás honras para pais extremamente insuportáveis, que a tratam como empregada e muito mal. E de repente Fenella dá sua filha para ser batizada por Zoe, só porque ela foi muito prestativa, sendo que nem a conhecia direito. Achei um pouco forçado. Se não fosse esse trecho eu teria dado nota 4 para o livro, mas como achei que fugiu bastante do enredo, acabei dando nota final 3.


Decidi há algum tempo não deixar que minha felicidade dependesse de um homem. 

     Mas convido vocês a conhecerem, ele é um livro bem fofo em alguns trechos, o final também foi bem gostoso de ler, e sobre a competição culinária achei um tema bem legal. Eu ficava imaginando cenas do Master Chef toda hora na minha mente, enquanto lia. Então arrisque, é um ótimo livro para se ler quando se quer relaxar e curtir um desafio gastronômico. 


Sinopse:
Uma aspirante a cozinheira em um programa de TV. Um jurado muito atraente. Um amor proibido.
Quando Zoe Harper conquista uma cobiçada vaga em um reality show de culinária, ela mal pode esperar para pôr suas habilidades à prova. Sua principal motivação é o prêmio em dinheiro: um valor que certamente a ajudaria a abrir sua tão sonhada delicatéssen. 
No entanto, ela logo percebe que a competição vai muito além da cozinha. Cher, outra concorrente, está disposta a tudo para ganhar, incluindo jogar seu charme para cima dos jurados. E as coisas se complicam ainda mais quando Zoe percebe que está se apaixonando por um deles: o incrivelmente sexy Gideon Irving. Com tudo o que está em risco, os dois têm muito a perder caso se envolvam, algo que parece cada vez mais inevitável.
De repente, Zoe percebe que há mais em jogo do que apenas canapés, cupcakes e técnicas de corte. Uma pitada de amor é um livro engraçado e doce na medida certa.
• Uma pitada de amor foi vencedor do prêmio de melhor romance contemporâneo da Romantic Novelists’ Association, instituição inglesa que tem por objetivo promover a ficção romântica. 
• Da autora, a Editora Record já publicou Amor nas entrelinhas.
• Para fãs de chick-lit e reality shows de culinária. Este tipo de programa de TV vem se tornando cada vez mais popular no Brasil e no mundo, como Masterchef, Top Chef, Hell’s Kitchen, Cake Boss, Cozinha Sob Pressão, Cozinheiros em Ação.





1 comentários:

  1. Ooi, Michelle! Então, eu já tinha lido sobre esse livro antes, e você não foi a única a não curtir muito o casal principal. É uma pena que a autora não soube exatamente passar uma química entre eles :'c
    Eu acho a capa maravilhosa, mas tratando-se dessas negativas, já fico receosa se iria fluir a leitura, porque quando muda de foco e eu não curto o que está por vir, a leitura fica arrastada, como uma obrigação eu terminar de ler, e não por prazer, sabe?
    Amei as fotos e sua resenha está maravilhosa.
    Beeijos

    ResponderExcluir
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk