Resenha : A vida é uma festa, de Sarah Mason


Livro: A Vida é uma Festa
 Autor (a): Sarah Mason
Editora: Bertrand Brasil / Gênero: Chick Lit
Páginas: 294 / Ano: 2005
Skoob

     Oi gente! Tudo legal por aí? Hoje a resenha é desse livro que eu mega amei da Sarah Mason - A vida é uma festa, publicado pela Bertrand Brasil, um dos selos do grupo editorial Record. Este é o segundo livro que leio da autora, também já li Um amor de detetive e simplesmente amei! Este é outro livro dela que pra mim, virou favorito.

     O livro conta a história de Izzy Serranti, que trabalha como promoter de eventos, mais precisamente de grandes festas. Izzy está com muitos trabalhos, seus clientes são geralmente muito exigentes. E Izzy ama o que faz - e o faz bem feito. 

     Quando seu chefe (que é um ser diabólico, mas que sabe do potencial de Izzy e confia plenamente em seu trabalho) lhe informa que será a responsável por uma festa beneficente para a família Monkwell, Izzy congela. E um filme passa por sua cabeça - os Monkwell, justo eles? E foi sua tia que indicou seu nome, como promoter ainda por cima, já que sua tia ainda tem contato com a família. O que a tia de Izzy não sabe é que os Monkwell não são mais bem vindos na vida de Izzy, apesar de terem compartilhado uma boa fase de sua infância. Era na grande casa de campo deles que os pais de Izzy se hospedaram por um tempo e Izzy era muito feliz até Simon, o filho do casal dono da casa de campo mudar seu comportamento drasticamente - de melhor amigo de Izzy, se tornou seu pior inimigo, fazendo brincadeiras de mal gosto, a trancando dentro de armários e a deixando com medo. Simon, hoje um empresário muito conhecido, tem fama de ser implacável no mundo dos negócios e muito mesquinho, mas Izzy é uma profissional, e não tira o corpo fora. Resolve enfrentar a família de Simon e fazer uma grande festa beneficente, e talvez ter algumas respostas sobre seu passado.



     Ao reencontrar a família que também foi sua quando pequena, uma mistura de sentimentos invade Izzy. São todos maravilhosos, pessoas que Izzy gostaria de não ter deixado de visitar. E Simon de repente está mudado - ou será que Izzy está muito emotiva ultimamente? Não, ele realmente está mudado. E com essa reaproximação Izzy descobre que talvez as pessoas tenham um motivo para agirem de determinadas formas, que é preciso uma segunda chance, que a conversa é o melhor remédio para curar feridas e abrir novas portas. 

     Gente, esse livro é hilário! Eu dei muitas gargalhadas lendo ele. É uma história leve, não esperem um romance tórrido, não tem nada disso, mas é super engraçada, com tiradas muito boas, com uma família mega maluca, com personagens reais. Com um melhor amigo super engraçado, o Dom. Com uma tia pra lá de estranha, a tia Winnie, mas que é um doce. Nossa, eu curti mesmo essa história, fiquei com vontade de ter mais, de acompanhar a vida de todo mundo depois que o livro terminou. Ele é ótimo! Super recomendo, virou super favorito! rsrs. 





Sinopse:

Para Izzy Serranti, uma inglesa de 26 anos, A Vida É uma Festa - literalmente. Ela trabalha como promoter, dando um duro danado para fazer com que todo mundo se divirta. Porém, enquanto organiza festas e eventos, Izzy tenta a sorte na busca por sua alma gêmea. Mas as coisas não andam nada fáceis... e só vão piorar quando o fantasma de Simon Monkwell - seu pior inimigo de infância, responsável por tornar o seu dia-a-dia insuportável - voltar a lhe assombrar. Quer dizer, Simon ainda está vivo... mas bem que Izzy gostaria de que ele já estivesse morto e enterrado! Então, recapitulando, para Izzy Serranti, A Vida É uma Festa - desde que Simon Monkwell não seja um dos convidados, é claro! 
Mas o tempo se passou e o brutamontes de 13 anos se transformou num respeitado empresário. Izzy, no entanto, está convencida de que Simon Monkwell ainda é o mesmo grosseirão de 15 anos atrás. É por isso que tem de enfrentar os mais conflitantes sentimentos quando Monty, o pai de Simon, pede que ela o ajude a organizar uma grande festa: um baile de caridade na fazenda Monkwell. Ela acaba aceitando - afinal, é uma causa nobre e o que passou, passou. Melhor ainda: Simon está bem longe, fora do país, numa viagem de negócios aos Estados Unidos. Ou não? Quase sem querer, Izzy volta a ser seduzida por essa excêntrica família e começa a perceber que suas traumáticas lembranças dos tempos de criança podem não estar totalmente de acordo com o que ela imaginava...

Neste novo romance, o bom-humor e a fluência da narrativa confirmam que Sarah Mason - responsável pelo premiado Um Amor de Detetive - veio mesmo para ficar.



2 comentários:

  1. Oi Michelle!! Tudo bem contigo? Eu li muita coisa boa a respeito do livro, mas fiquei tão decepcionada com dois chick-lits que comprei, que perdi a vontade de lê-lo, acabei excluindo-o da minha estante do skoob. Sua resenha fez meus olhinhos brilharem, quero muito ler rsrs, vou ali voltá-lo para os desejados.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia! tudo bem? eu gostei tanto desse livro! mas livro é muito pessoal né? cada um tem uma opinião... mas acho que vc deveria dar uma chance sim a ele ;)

      bjosss! :)

      Excluir
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk