Resenha : Amor à segunda vista, de Mhairi McFarlane


Livro: Amor à segunda vista
 Autor (a): Mhairi McFarlane
Editora: Harper Collins / Gênero: Chick-lit
Páginas: 368 / Ano: 2015
Skoob


     Olá lindezas! Tudo bom? Hoje a resenha é do livro de capa bafônica Amor à Segunda Vista, de Mhairi McFarlane, publicado pela editora Harper Collins. A edição tá lindíssima, capítulos curtos (são 71 capítulos no total) e em cada novo capítulo tem um desenho lindinho de abertura. Páginas amareladas. 

     Bom imagine você: como a adolescente mais esquisita da escola. Nossa protagonista, Aureliana, aos 16 anos é essa garota. O peso elevado, os cabelos revoltos, estrangeira, desengonçada, só leva chingos durante a aula, é isolada das rodinhas populares, aliás, não faz parte de qualquer roda. É uma sombra. Também é apaixonada pelo garoto mais popular do seu colégio, James, e vive um amor platônico, relatado com muita doçura em seus diários. É em uma apresentação no último dia de colégio que Aureliana vê, de repente, sua vida perder ainda mais o sentido. É feita de boba em um palco, na frente de todos os presentes, e ela só deseja sair dali o mais rápido possível, enxugar suas lágrimas e esquecer para sempre o pessoal mesquinho e maldoso do colégio, principalmente James, o principal responsável por sua humilhação.


Era assustador de verdade pensar que era possível causar tanto dano para outro ser humano e depois arquivar no sótão da sua mente.

     Aos 32 anos, Aureliana mudou de nome. Hoje usa Anna, ao invés de usar o nome da pessoa que não é mais. Resolveu cuidar de si mesma e hoje é uma professora acadêmica de renome e de um corpo de dar inveja. Anna batalhou muito por isso e resolveu encarar que somente ela seria capaz de mudar a si mesma e foi isso que fez. Mas parece que aquela garota desengonçada e indefesa ainda vive dentro dela, e não consegue acreditar nos elogios que muitos homens fazem com o intuito de conquistá-la. Não conseguiu engatar ainda um relacionamento sólido. Mas tenta, não desiste, uma hora encontra um cara legal que lhe faça feliz.

     James também mudou. Está enfrentando um pequeno problema em seu casamento. Sua esposa que, diga-se de passagem é linda, mas que também é um espirito livre, não aguentou permanecer fiel nem no primeiro ano do casamento e deixou sua casa em busca de emoção. 

     O destino dos dois de repente colide novamente em uma festa organizada pela turma do colégio que se formou no ano em que eles se formara. Arrastado por seu amigo, James resolve aparecer, só para comprovar que foi a maior furada. Ninguém de interessante estava nessa festa, apenas uma estrangeira linda que disse ter errado de festa e que estava de saída. A estrangeira estranha era Anna, que resolveu enfrentar o passado, mas quando ninguém na festa a reconheceu, resolveu deixar tudo para lá e sair de fininho. Também não estava preparada para reencontrar James, como logo percebeu e admitir que ele continuava lindo.

     Mas o destino gosta de pregar peças e de repente Anna se vê frente á frente James novamente, agora em um projeto do seu trabalho. E agora não há como fugir, terão que trabalhar juntos. Anna está convencida de que irá fazer James pagar na própria moeda tudo o que fez ela passar no tempo de escola e que não vai dar o braço a torcer. James não entende porque Anna não está facilitando as coisas no trabalho, e porque é se faz de difícil nas decisões do projeto. 


    Anna estava preparada para tudo, exceto por perceber que talvez James tenha se tornado um cara diferente do que fora aos seus 16 anos. E que estar perto dele começa a se tornar agradável. Mas Anna está preparada para superar o passado e dar uma chance a um segundo amor que se requer a reconheceu? Isso você vai descobrir lendo o livro!

     Gostei muitoo desse livro! Só não dei 5 estrelas porque achei o enredo um pouco lento em alguns trechos. Mas gostei muitos dos diálogos e dos personagens de Anna e James (o livro é narrado ora por James, ora por Anna). Duas pessoas comuns, que foram movidas por aparências e perderam oportunidades de conhecer pessoas incríveis. Anna que resolveu dar a volta por cima e se sentir melhor consigo mesma - veja, eu não prego de jeito nenhum a beleza como melhor atrativo em uma pessoa, se você está contente com seu corpo, ótimo! valorize isso, mas a protagonista do livro nos mostra que ela não estava e como é difícil sofrer por não ser vista com bons olhos pelos outros - infelizmente nossa sociedade não é madura o suficiente para olhar com naturalidade para o diferente, então ela buscou mudar a si mesma, não para agradar alguém, mas para estar bem consigo mesma novamente. Mostra como James e seus colegas não sabiam que sua "brincadeira" inconsequente no colégio havia modificado completamente a vida de Anna, e como somos mesquinhos muitas vezes e não nos preocupamos com o que falamos. Nossas palavras podem machucar e muito. Esse é o principal ensinamento do livro. Sobre perdoar e segundas chances, sobre amizade e verdadeiro amor, sobre estar disposto a não deixar pra lá e enfrentar. Tudo de uma forma leve e criativa, muito gostoso de se ler se você está à procura de um Chick Lit. E eu adorei o final! <3 muito amorzinho. Recomendo a leitura! :)

Nunca fui bom em escolher o caminho certo. Mas lá estava você, e você mudou tudo. 

Sinopse:
E se a pessoa de quem você mais fugiu no passado fosse agora de quem você precisasse? Anna era o patinho feio da escola, mas seguiu em frente e hoje, apesar de uma vida amorosa tragicômica, é feliz e realizada. Amor à segunda vista é sobre aceitar quem somos de verdade e ficar feliz com isso. Os leitores vão rir e lembrar que o mundo dá voltas, queridinha; afinal, tudo é possível, no amor e na vida.


:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário