Resenha : A ovelha negra e outras fábulas, de Augusto Moterroso


Livro: A ovelha negra e outras fábulas
 Autor (a): Augusto Monterroso
Editora: Cosac Naify / Gênero: Fábulas
Páginas: 2014 / Ano: 96
Skoob

    Olá queridos e queridas! Tudo bom com vocês? Hoje a resenha que trago é do livro A ovelha negra e outras fábulas, livro publicado pela editora Cosac Naify e o autor é o Augusto Moterroso.

    O livro é lindo gente, aliás, ainda não encontrei uma edição ruim da Cosac Naify, eles mandam bem demais na arte gráfica. O livro tem páginas coloridas e as letras são ótimas para serem lidas.


     Neste livro recheado de microcontos, Augusto vai explorar de forma bastante irônica e sarcástica nosso trejeitos sociais. Aborda temas de natureza humana, porém utiliza animais como pano de fundo, nos chocando com seus relatos que beiram o ridículo. O mais engraçado que a cada conto a gente pensa: realmente Augusto está tocando em nossa ferida e ele sabe exatamente como explorar as misérias humanas. 


     Os textos são na sua maioria bem curtos e sucintos. Reconheço que muitos contos são inteligentes demais para o meu intelecto, haha, ainda não estou tão evoluída para alguns deles, então me senti um pouco perdida em alguns trechos. Alguns contos são bem claros, outros trazem temas mais complexos. O autor constantemente nos compara aos animais, e fica evidente a mensagem que ele quer passar: somos muito parecidos, mas insistimos na tecla de que somos mais evoluídos.


Era uma vez uma barata chamada Gregor Samsa, que sonhava que era uma barata chamada Franz Kafka que sonhava que era um escritor que escrevia sobre um empregado chamado Gregor Samsa que sonhava que era uma barata. 

     É claro que o autor quer nos impactar com suas palavras, trazer à tona nosso lado que mais desejamos esconder. Gostei da leitura, mas a capa me atraiu mais do que o conteúdo. Esperava contos mais longos, mais simples de serem entendidos e me deparei com linhas que exigem bastante reflexão (o que não é ruim, apenas achei que seria um livro mais doce e infantil). Recomendo a leitura para quem quer fugir do comum, para quem quer queimar um pouco a cuca e refletir sobre as mazelas humanas. 


Sinopse:
Augusto Monterroso nasceu em Honduras, foi criado na Guatemala, mas escolheu o México para viver. Conhecido pela inventividade de seus escritos em forma breve, em A ovelha negra e outras fábulas o autor reinventa o consagrado gênero, subvertendo completamente sua forma clássica. Cheias de ironia e de uma simplicidade enganosa, as fábulas de Monterroso transitam pelo universo adulto das relações humanas, da literatura e da política. Os quarenta textos que compõem o livro contam com a tradução de Millôr Fernandes e com projeto gráfico colorido.
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário