Resenha : Pílulas Azuis, de Frederik Peeters


Livro: Pílulas Azuis
 Autor (a): Frederik Peeters
Editora: Nemo / Gênero: HQ, quadrinhos
Páginas: 2015 / Ano: 208
Skoob


     Olá galera linda! Tudo bem com vocês? Hoje a resenha que trago é do livro Pílulas Azuis, de Frederik Peeters, da editora Nemo. O gênero é HQ, mais conhecido como Grafic Novel. Bom, eu sou amarradona nesse lance de HQ, então nem preciso falar de como eu gostei dessa história.

     Nela vamos acompanhar uma biografia de Frederik, ele vai nos contar um pouco de sua história, mais precisamente seu relacionamento com sua companheira. Como uma forma de contar aos seus familiares, Frederik explorou de uma maneira muito singela a questão de sua companheira e seu enteado serem portadores do vírus HIV. 

Quebrando paradigmas e instruindo de uma maneira muito leve e carinhosa, Frederik me deixou emocionada com sua visão de mundo, sua angústia e seu medo, mas convicto de que enfrentaria a sociedade para viver um grande amor. Também acompanhamos a força de Cati para superar os obstáculos, de viver com a culpa de ter transmitido ao filho o vírus, de se sentir culpada constantemente quando algo dava errado, de temer transmitir sua doença à Frederik e de como isso a destruiria se acontecesse. 

     Nossa sociedade é extremamente preconceituosa no que tange o tema, e muitas vezes desinformada (aqui me incluo, pois muito do que foi relatado na HQ eu desconhecia). Essa HQ vai nos despertar para antes de julgar procurar conhecer melhor com o que estamos lidando. A medicina está extremamente avançada, e possuí meios suficientes para prolongar a vida de quem é portador do vírus. 


     De uma forma leve e bem humorada, Frederick nos fala com delicadeza do seu dia a dia em família, do seu amor imenso por Cati e por seu filho, pelos desafios enfrentados juntos e de cabeça erguida. Um romance maravilhoso, muito bem escrito e desenhado. Adorei essa experiência, essa viagem que Frederik me proporcionou. É preciso que abordemos mais temas como este, para desmistificar julgamentos pré estabelecidos. Conhecer, e não julgar. Esse é o caminho.   







Sinopse:
Nesta narrativa gráfica pessoal e de rara pureza, por meio de um roteiro simples e de temas universais (o amor, a morte), Frederik Peeters conta sobre seu encontro e sua história com Cati, envolvendo o vírus ignóbil que entra em cena e muda tudo, e todas as emoções contraditórias que ele tem de aprender a gerenciar: amor, raiva, compaixão. Pílulas azuis nos permite acompanhar, sem nenhum vestígio de sentimentalismo, através de um prisma raramente (senão nunca) abordado, o cotidiano de uma relação cingida pelo HIV, sem deixar de lançar algumas verdades duras e surpreendentes sobre o assunto. Apesar da seriedade do tema, Pílulas azuis é uma obra cheia de leveza e humor. Não é à toa que é considerada por muitos a obra-prima de Frederik Peeters. Uma das mais belas histórias de amor já publicadas.



:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário