Resenha : A biblioteca invisível, de Genevieve Cogman


Livro: A biblioteca invísivel
 Autor (a): Genevieve Cogman
Editora: Morro Branco / Gênero: Ficção, Literatura Estrangeira
Páginas: 368 / Ano: 2016
Skoob

        Olá gente maravilhosa que segue aqui o blog! Tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje a resenha que trago é desse livro bafônico da editora Morro Branco - linda demais esse edição minha gente, de atrair os olhos mesmo, detalhes em dourado metalizado, um luxo - A biblioteca invisível, é aquele livro que eu estava paquerando faz tempo! Morrendo de vontade de ler. Uma que é porque o livro fala de livros. E outra porque ele tá lindo mesmo! hahaha. A autora Genevieve Cogman, além deste livro, já publicou outros dois que são sequência deste. 


        O livro tem um toque bem fantasioso, meio distopia, então se você é fã de fantasia, vai gostar de embarcar nessa história. Tem como protagonista uma espiã chamada Irene, que é funcionária da Biblioteca. Diferente da biblioteca da qual estamos acostumados, a Biblioteca da qual Irene faz parte é como se fosse uma grande facção, como se somente um seleto grupo de pessoas pudessem participar dela. A Biblioteca é responsável por esclarecer alguns enigmas dentro dos vários outros mundos existentes. Como por exemplo o sumiço de um livro raro. E é por conta de um sumiço de um livro muito raro que acabamos por conhecer nossa protagonista. 



(...) todos nós ligados à Biblioteca somos pessoas que escolhem essa forma de vida porque amamos livros. Queremos livros. 

        Irene é uma pessoa estudada, que não tem medo de novos desafios. Está sempre pronta para proteger a Biblioteca e os livros que a ela pertencem. Quando é mandada em uma missão por sua chefe Coppelia no resgate de um livro que sumiu (suspeitasse de uma edição rara dos Irmãos Grimm) Irene sente o cheiro de problema, porque sua chefe nunca é tão doce ao escrever um email (e nunca usa tantas palavras para compor um). E quando manda Kai, um novo agente aos cuidados de Irene, logo percebe que a tarefa será ainda mais difícil. Irene não gosta muito de novatos. Eles mais atrapalham do que ajudam na maioria das vezes. E Kai ainda por cima parece não estar sendo totalmente sincero sobre sua vida antes de entrar para a Biblioteca. O que, a Irene, só pode restar ficar com um pé atrás. 


        Munidos de seus conhecimentos adquiridos em anos trabalhando pela Biblioteca, ambos partem em buscas de respostas. E parece que vilões do passado estão envolvidos nesse caos. Ao adentrar um dos mundos alternativos em busca de respostas, começam a se assustar com o desenrolar das descobertas. Descobrem por exemplo a pele de alguém retirada e condicionada em vinagre. Precisam lidar com vampiros e jacarés que surgem sabe-se lá de onde. E Irene precisa ainda se decidir se aceita as investidas nada discretas de seu novo tutelado Kai, que não é um novato para se jogar fora. Numa trama emaranhada de suspense e vilões que surgem aos montes, Irene é colocada à prova, e seus conhecimentos também. Ela está pronta para enfrentar qualquer problema. E você? Está pronto para embarcar nesse mundo louco, com a missão de não ser engolido pelo caos?


Irene se concentrou nos próximos passos. Quanto antes entregasse aquele livro e fizesse um relatório, mais cedo poderia se limpar, secar e sentar-se com um bom livro. 

        Minha opinião: gosto muito de livros de fantasia gente, então quando esse livro chegou em minhas mãos fiquei mega empolgada. Confesso que o começo do livro me deixou um tanto confusa, porque achei a autora pouco clara ao narrar alguns episódios e as informações foram jogadas aos montes (na verdade o livro todo é muito frenético, é uma situação diferente acontecendo atrás da outra, então nesse aspecto o livro é muito bom, bastante movimentado, não te deixa dormir haha), mas aponto para essa dificuldade - e talvez ela tenha sido muito particular minha. Mas depois de algumas páginas me acostumei à narração da autora, e comecei a compreender melhor as ideias que ela estava sugerindo em relação ao livro. Não vou dizer que é um livro indicado para todos os gostos, porque ele é bem específico em seu gênero, ele é pura ficção, fantasia. É pra quem gosta de universos paralelos, dramas, personagens absurdos e magia. Cita sim alguns livros, há o mistérios em relação a eles, mas não se aprofunda tanto nesse tema. Dei quatro estrelas ao invés de cinco, justamente por essa demora minha de conseguir me encaixar na leitura no começo do livro, mas confesso que o restante me fisgou, e curti muito o restante da leitura. O final fica bem amarrado, apesar de sugerir as continuações - a editora até já os anunciou e confirma que serão lançados ainda este ano. Então não é um livro que vai te deixar ultra power ansioso (a) pelo próximo - e isso me deixa doida quando acontece, acho uma tremenda sacanagem de alguns autores, hahah. Gosto de livros assim, que mesmo que sugiram continuação amarram legal o final. Recomendo a leitura para você que tá afim de viajar por um universo muito doido criado por alguém irreverente e que apostou em uma narrativa ultra moderna. 


Sinopse:
Irene é uma espiã profissional da misteriosa Biblioteca, uma organização que existe fora do tempo e espaço e que coleciona livros e manuscritos de diferentes realidades. Junto com seu enigmático assistente Kai, ela é enviada para uma Londres alternativa com a missão de recuperar um perigoso livro. Mas quando chegam, ele já foi roubado.
As principais facções do submundo londrino estão prontas para lutar até a morte para achá-lo, e a missão de Irene é dificultada pelo fato de que o mundo está infestado pelo Caos - as leis da natureza foram distorcidas para permitir a existência de criaturas sobrenaturais e mágicas imprevisíveis.
Enquanto seu novo assistente guarda seus próprios segredos, Irene logo se vê envolvida em uma aventura repleta de ladrões, assassinos e sociedades secretas, onde a própria realidade está em perigo e falhar não é uma opção.
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário